Você está aqui
Home > AMÉRICA DO SUL > Brasília – Distrito Federal

Brasília – Distrito Federal

Brasília é classificada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Recebe um milhão de visitantes por ano e entre suas atrações mais visitadas estão o Congresso Nacional, o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, o Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo brasileiro, a Praça dos Três Poderes, a Catedral, o Catetinho, a Torre de TV, o Memorial JK, o Panteão da Pátria, o Teatro Nacional Cláudio Santoro, o Santuário Dom Bosco e o Museu Vivo da Memória Candanga. Outra bela obra arquitetônica é a ponte Juscelino Kubitschek, premiada internacionalmente, pela beleza de sua arquitetura, já no seu ano de inauguração.  A capital do país é muito mais que política. Por isso é considerada patrimônio da humanidade desde 1987. Dá para imaginar porque apenas passeando pela cidade. São áreas verdes que convivem junto a prédios imponentes e cheios de história. O que mais chama a atenção dos visitantes são as obras do Arquiteto Oscar Niemeyer, que estão em toda parte, e que são imagens dignas de cartões postais. Além disso, quem resiste a um passeio pelo Palácio da Alvorada e pelos prédios dos três poderes?

 

Catedral Metropolitana de Brasília

Projetada por Oscar Niemeyer, foi inaugurada em 1970. Tem formato circular e é constituída por 16 pilares curvos entremeados por belíssimos vitrais, criados por Marianne Peretti – sua disposição garante iluminação natural à nave, que fica abaixo do nível do solo.

 

brasilia16h_P1040127
Quem recepciona o visitante na Catedral de Brasília são quatro esculturas de três metros de altura todas em bronze: representam os evangelistas. Mas é mais que uma igreja, é uma nave que leva ao contato com o divino. Anjos suspensos por cabo de aço sobrepõem-se aos fiéis. Quem conta a via sacra são as pinturas de Di Cavalcanti. E os vitrais que formam seu teto lavam a alma.

 

 

 

brasilia16d_P1240280
Catedral Metropolitana de Brasília . O projeto notadamente de Oscar Niemeyer para a catedral do país só vem a glorificar a beleza das curvas que fazem da cidade de Brasília um lugar único no mundo. Inaugurada em 1970, para o turista desavisado demora a perceber que aquele prédio próximo à esplanada dos ministérios é uma igreja. Afinal, de estética única em toda história da arte católica.

 

 

brasilia16c_P1240273
Em volta da igreja podem ser vistas esculturas de Alfredo Ceschiatti – os quatro evangelistas – e no interior, os anjos suspensos. Há ainda pinturas de Di Cavalcanti, representando os passos da Paixão de Cristo, e telas de Athos Bulcão. A Catedral fica no Eixo Monumental, no início da Esplanada dos Ministérios.

 

 

Traçado Urbanístico

Brasília é uma cidade diferente em tudo. O traçado urbanístico permite ao visitante apreciar o bonito azul do céu, desfrutar a luminosidade natural e a linha do horizonte, sempre ao alcance dos olhos. A arquitetura, única no mundo, faz da cidade o maior acervo a céu aberto da arquitetura moderna. Os amplos jardins e milhares de árvores plantadas respondem pelo lado bucólico, mistura do verde salpicado de flores entre monumentos. Ruas largas, trânsito ordenado.

Dona dos melhores índices de qualidade de vida do País, a capital da República, por inúmeras outras razões, tem lugar de destaque também por acolher brasileiros de todos os rincões que para cá vêm em busca de novas oportunidades. Da mesma forma, a hospitalidade se faz presente com os estrangeiros — nem poderia ser diferente, num lugar que abriga a sede de 84 embaixadas de países acreditados junto do governo brasileiro.

 

 

 

brasilia16b_P1040204a
Na Praça dos Três Poderes também está o Mastro da Bandeira, que é trocada anualmente, entre outros monumentos, com um importante valor turístico na capital. Várias esculturas também estão presentes na Praça, como Os Guerreiros, de Bruno Giorgi, conhecida também como Os Candangos, A Justiça, de Alfredo Ceschiatti, escultura que fica em frente ao STF, e a Pira da Pátria e o Marco Brasília.

 

 

Ponte Juscelino Kubitschek

A Ponte JK, uma das principais obras de Brasília, é também um dos principais pontos turísticos da capital.A ponte tem um total de 1200 metros de comprimento, 24 metros de largura, com duas pistas e três faixas em cada pista e mais duas faixas passarelas nas laterais para uso de ciclistas e pedestres com 1,5 metros de largura. A ponte atravessa o Lago Paranoá e liga o Lago Sul, Paranoá e São Sebastião à parte central do Plano Piloto, através do Eixo Monumental.

A ponte JK, que é cartão postal da cidade, foi inaugurada em 15 de dezembro de 2002. Projetada pelo arquiteto Alexandre Chan, a obra recebeu a Medalha Gustav Lindenthal em 2003 da Sociedade dos Engenheiros do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Tal fato fez com que a ponte fosse eleita a mais bela do mundo. De lá pra cá, a ponte já recebeu diversos outros prêmios e hoje é admirada no mundo todo com sua beleza impressionante, que fica ainda mais bela com as luzes da noite.
A ponte JK, que é cartão postal da cidade, foi inaugurada em 15 de dezembro de 2002. Projetada pelo arquiteto Alexandre Chan, a obra recebeu a Medalha Gustav Lindenthal em 2003 da Sociedade dos Engenheiros do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Tal fato fez com que a ponte fosse eleita a mais bela do mundo. De lá pra cá, a ponte já recebeu diversos outros prêmios e hoje é admirada no mundo todo com sua beleza impressionante, que fica ainda mais bela com as luzes da noite.

 

 

brasilia16e_P1040245
Memorial JK- Em destaque no Eixo Monumental, é uma homenagem ao idealizador e fundador de Brasília, o Presidente Juscelino Kubitschek. Nos salões encontram-se o museu – com fotos, documentos e objetos referentes à vida de JK – e a Câmara Mortuária, com o túmulo do ex-presidente. Funciona de terça a domingo, das 9h às 18h. Fica no Eixo Monumental, na Praça do Cruzeiro.

 

História

Brasília é a capital da República Federativa do Brasil e sua quarta maior cidade. A cidade possui o segundo maior PIB per capita do Brasil entre as capitais, superada apenas por Vitória-ES. Inaugurada em 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, Brasília é a terceira capital do Brasil, após Salvador e Rio de Janeiro. A transferência dos principais órgãos da administração federal para a nova capital foi progressiva, com a mudança das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais.

 

Museu Nacional e a Biblioteca Nacional de Brasília. Com projeto de Oscar Niemeyer, ambos estão localizados na Esplanada dos Ministérios, um pouco à frente da Catedral Metropolitana. Entre eles, uma grande praça aberta em concreto, com dois espelhos d´água. Foram inaugurados em 2006, em ocasião dos 99 anos de idade do arquiteto. A Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola possui aberturas em arco abatido na fachada, e uma grelha que protege as superfícies envidraçadas.
Museu Nacional e a Biblioteca Nacional de Brasília. Com projeto de Oscar Niemeyer, ambos estão localizados na Esplanada dos Ministérios, um pouco à frente da Catedral Metropolitana. Entre eles, uma grande praça aberta em concreto, com dois espelhos d´água. Foram inaugurados em 2006, em ocasião dos 99 anos de idade do arquiteto. A Biblioteca Nacional Leonel de Moura Brizola possui aberturas em arco abatido na fachada, e uma grelha que protege as superfícies envidraçadas.

 

brasilia16g_P1040065

brasilia16h_P1040123
Museu Nacional Honestino Guimarães com sua cúpula de 80 metros de diâmetro – Complexo Cultural da República – Brasília – DF . O Museu Nacional Honestino Guimarães tem forma de cúpula, todo branco, e uma grande rampa leva ao acesso. Lateralmente, outras aberturas, e delas saca uma passarela/rampa curva em balanço. Tem 14.000 m², com uma extensa área para exposições. Por dentro, um grande mezanino suspenso, e mais rampas que interligam os níveis. Abaixo do mezanino não há pilares, efeito que foi conseguido pelo fato da estrutura ser suspensa ao teto da abóbada, ideia muito feliz já que por baixo há a liberdade da disposição dos objetos e dos percursos! Incrível mesmo.

 

Linhas Modernas

Célebre por suas linhas modernas e desenho futurístico, Brasília é um estudo de planejamento urbano e a única cidade construída no século 20 a ser considerada patrimônio da humanidade pela UNESCO. Onde era um deserto apenas cinco anos antes de sua inauguração, hoje há prédios inovadores e monumentos imaginativos, desde a hiperboloide Catedral de Brasília e a paisagem lunar do Complexo Cultural da República até a caixa de vidro do Palácio da Alvorada.

 

Esplanada dos Ministérios

Um dos maiores pontos turísticos de Brasília, a Esplanada dos Ministérios, está localizada no eixo monumental, entre os edifícios dos ministérios, que foram projetados pelo renomado arquiteto Oscar Niemeyer.

brasilia16h_P1040126
A Esplanada dos Ministérios é formada por um conjunto de 17 edifícios distribuídos harmoniosamente e com uma regularidade arquitetônica singular.

 

Plano Piloto

O plano urbanístico da capital, conhecido como “Plano Piloto”, foi elaborado pelo urbanista Lúcio Costa, que também concebeu o Lago Paranoá, o qual armazena 600 milhões de metros cúbicos de água. Muitas das construções da Capital Federal foram projetadas pelo renomado arquiteto Oscar Niemeyer.

Brasília também oferece ecoturismo por estar localizada 1.000 metros acima do nível do mar, no imenso platô do Planalto Central, de onde nascem quase todas as grandes bacias hidrográficas brasileiras.

Supremo Tribunal Federal

Sede do Poder Judiciário do País, o Supremo abriga uma biblioteca com aproximadamente 80 mil volumes. As visitas guiadas podem ser feitas aos domingos, das 10h às 16h, e duram cerca de 30 minutos – passam pela Sala de Sessões, pelo Salão Nobre e por três Museus. Fica na Praça dos Três Poderes, Esplanada dos Ministérios.

A Praça abriga os três edifícios monumentais que representam os três poderes da República Federal: o Palácio do Planalto (Poder Executivo), o Supremo Tribunal Federal (Poder Judiciário) e o Congresso Nacional (Poder Legislativo).

brasilia16h_P1040125
Supremo Tribunal Federal – Sede do Poder Judiciário do País, o Supremo abriga uma biblioteca com aproximadamente 80 mil volumes. As visitas guiadas podem ser feitas aos domingos, das 10h às 16h, e duram cerca de 30 minutos – passam pela Sala de Sessões, pelo Salão Nobre e por três Museus. Fica na Praça dos Três Poderes, Esplanada dos Ministérios.

 

brasilia16_P1040111
Brasília está situada na Região Centro-Oeste. Inaugurada em 21 de abril de 1960, pelo então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, Brasília é a terceira capital do Brasil, após Salvador e Rio de Janeiro. A transferência dos principais órgãos da administração federal para a nova capital foi progressiva, com a mudança das sedes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais.

 

Palácio do Itamarati

 

brasilia16a_P1040114
As visitas guiadas aqui no Palácio do Itamarati podem ser feitas diariamente, das 14h às 16h30, e aos sábados e domingos, das 10h às 15h30. Fica na Esplanada dos Ministérios.

 

brasilia16h_P1040121
Palácio do Itamarati- Também conhecido como Palácio dos Arcos, o Palácio do Itamarati abriga diversas obras de arte e antiguidades

 

Congresso Nacional

É o órgão constitucional que exerce, no âmbito federal, as funções legislativa e fiscalizatória do Estado Brasileiro, como funções típicas. Exerce, ainda, duas outras funções atípicas: administrar e julgar. Inaugurado em 1960, foi projetado por Oscar Niemeyer.

Congresso Nacional- Sede do Poder Legislativo, o Congresso Nacional é composto pelo Senado Federal - que fica do lado esquerdo e é representado pelo "prato côncavo" - e pela Câmara dos Deputados - localizada ao lado direito e representada pelo "prato convexo".
Congresso Nacional- Sede do Poder Legislativo, o Congresso Nacional é composto pelo Senado Federal – que fica do lado esquerdo e é representado pelo “prato côncavo” – e pela Câmara dos Deputados – localizada ao lado direito e representada pelo “prato convexo”.

 

Palácio do Planalto

As colunas que sustentam a alvenaria do Palácio, símbolo mais conhecido de Brasília, têm a peculiaridade de praticamente não tocarem o chão, assegurando leveza incrível ao conjunto. É uma obra que merece ser contemplada. O espelho d’água, barreira que dispensa cercas, foi construído durante o período de regime de exceção e hoje faz as vezes das fontes de desejos existente mundo afora. O Palácio foi inaugurado em 1958, está guarnecido por inúmeras obras de arte e tem uma capela cuja fachada é assinada por Athos Bulcão.

Palácio do Planalto- Sede do Poder Executivo e local de trabalho do Presidente da República. As visitas guiadas duram 20 minutos e podem ser feitas aos domingos, das 9h30 às 13h. Uma atração à parte é a troca da guarda do Palácio do Planalto, que acontece a cada duas horas – sendo a primeira às 8h, e a última do dia, às 18h. Fica na Praça dos Três Poderes, ao final da Esplanada dos Ministérios.
Palácio do Planalto- Sede do Poder Executivo e local de trabalho do Presidente da República. As visitas guiadas duram 20 minutos e podem ser feitas aos domingos, das 9h30 às 13h. Uma atração à parte é a troca da guarda do Palácio do Planalto, que acontece a cada duas horas – sendo a primeira às 8h, e a última do dia, às 18h. Fica na Praça dos Três Poderes, ao final da Esplanada dos Ministérios.

 

 

A Praça dos Três Poderes é um dos pontos turísticos mais visitados de Brasília. Um lugar aberto e bastante espaçoso, onde recebe turistas de todas as partes do Brasil
A Praça dos Três Poderes é um dos pontos turísticos mais visitados de Brasília. Um lugar aberto e bastante espaçoso, onde recebe turistas de todas as partes do Brasil

Palácio da Justiça

 

Palácio da Justiça (Ministério da Justiça) - Sede do Ministério da Justiça, oferece visitas guiadas ao Salão Negro, Sala de Retratos, Biblioteca e Jardim Interno. A visita pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 15h às 17h. Fica na Praça dos Três Poderes, ao final da Esplanada dos Ministérios.
Palácio da Justiça (Ministério da Justiça) – Sede do Ministério da Justiça, oferece visitas guiadas ao Salão Negro, Sala de Retratos, Biblioteca e Jardim Interno. A visita pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h e das 15h às 17h. Fica na Praça dos Três Poderes, ao final da Esplanada dos Ministérios.

 

Teatro Nacional

Os grandes espetáculos culturais de Brasília acontecem nos palcos do Teatro Nacional Claudio Santoro. Projetado por Oscar Niemeyer, este espaço é destinado às artes, sendo um ponto de interesse turístico.

O Teatro Nacional Claudio Santoro encanta por sua beleza desde o exterior, possuindo uma estrutura piramidal decorada por Athos Bulcão. Em seu interior, há a possibilidade de visitar a galeria Athos Bulcão, observar seus azulejos e o Busto de Beethoven na sala Martins Pena ou o jardim de Burle Marx da Sala Villa-Lobos.
O Teatro Nacional Claudio Santoro encanta por sua beleza desde o exterior, possuindo uma estrutura piramidal decorada por Athos Bulcão. Em seu interior, há a possibilidade de visitar a galeria Athos Bulcão, observar seus azulejos e o Busto de Beethoven na sala Martins Pena ou o jardim de Burle Marx da Sala Villa-Lobos.

 

Migração

Esta metrópole cosmopolita – que possui um dos melhores índices de qualidade de vida do País, mas é muitas vezes injustamente acusada de desumana e impessoal – acolhe brasileiros de todos os cantos, que vêm em busca de novas oportunidades e trazem consigo suas raízes culturais. Assim Brasília, ainda marca25da pela migração, mas já com uma bem definida geração de brasilienses, começa a afirmar sua identidade, fortemente baseada na diversidade cultural que só um país como o Brasil é capaz de produzir. Este respeito e gosto pela diversidade faz de Brasília um lugar hospitaleiro também para estrangeiros, que se sentem em casa nesta cidade, sede de embaixadas de mais de oitenta países.

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo