Você está aqui
Home > BLOG > Burj Khalifa em Dubai

Burj Khalifa em Dubai

Anteriormente conhecido como Burj Dubai, o arranha-céu  Burj Khalifa Bin Zayid cumpre esplendidamente a sua função de monumento máximo à grandiloquência dos faraós modernos de Dubai nos Emirados Árabes. O edifício faz parte de uma complexo comercial e residencial de dois quilômetros quadrados de área chamado “Downtown Burj Dubai”, localizado ao lado das duas principais avenidas da cidade de Dubai, a Sheikh Zayed Road e a Financial Centre Road (anteriormente conhecida como Doha Street).

O Burj Khalifa reina soberano na paisagem de Dubai. Considerado o edifício mais alto do mundo, a construção, com 828 metros e 162 andares, é um dos mais espetaculares e representativos cenários da moderna Dubai.

O Burj Khalifa conta com dois mirantes que oferecem vistas surpreendentes. No 124º andar, localizado a 442 metros de altura, você vai encontrar o primeiro mirante aberto do edifício, o melhor ponto de Dubai para contemplar a cidade. A torre conta com 57 elevadores, pesa 500.000 toneladas e está coberta com 28.601 painéis de cristal.

O Burj Khalifa está localizado no bairro de Downtown e é cercado por um belo complexo de edifícios, entre eles o Dubai Mall, a Dubai Ópera e o The Palace Hotel. No centro de todos eles, um pequeno lago artificial oferece o espetáculo da Dubai Fontain, as fontes luminosas que dançam ao ritmo de música a cada meia hora. O espetáculo fica completo com o show das luzes na fachada do Burj Khalifa, onde dezenas de desenhos tomam conta das janelas e o transformam em um novo prédio a cada segundo.

Para visitar o prédio mais alto do mundo é preciso ir ao maior shopping do planeta (em área construída, não em área de vendas), o Dubai Mall. Mas em vez de subir, primeiro você tem que descer: a entrada da visita é pelo andar LG (“lower ground”, ou térreo inferior). O observatório se chama At the Top. Para subir no topo, Burj Khalifa – Nível 125 + 124 A partir de 135 AED  e no Burj Khalifa SKY – Nível 148 + 125 + 124 – A partir de 370 AED.  É possível comprar online no site do prédio (clique aqui).

A estrutura artificial mais alta da Terra é uma cidade no céu que abriga apartamentos de luxo, escritórios e um hotel. O Burj Khalifa se eleva das areias do deserto a uma altura total de 829,8 metros. A construção mais alta do mundo é um incrível feito da engenharia, e sua construção levou seis anos e 22 milhões de homens-horas.

O arquiteto do edifício é Adrian Smith, que trabalhou com a Skidmore, Owings and Merrill (SOM) até 2006. A empresa de arquitetura e engenharia sediada na cidade estadunidense de Chicago ficou encarregada do projeto arquitetônico do prédio. As primeiras empreiteiras são a Samsung Engineering & Construction, a Besix e a Arabtec. A Turner Construction Company foi escolhida para comandar o projeto.

Você deve se programar e comprar a sua entrada online para pagar bem mais barato do que se deixasse pra comprar na hora. Ainda, se a compra for feita com antecedência, é possível escolher o melhor horário e evitar períodos de visibilidade ruim. O melhor mesmo é ir no final da tarde, pra ver a cidade enquanto estiver claro, ver o pôr do sol e observar a vista no começo da noite. E é importante dizer que se você marcou as 17 horas, provavelmente chegará ao 124 andar as 17h30. Se marcar as 18 horas, pode chegar lá em cima a noite já.

O segundo dos mirantes, concentra todos os olhares porque se tornou o mirante mais alto do mundo, roubando o posto da Torre Canton em Guangzhou. Localizado a 555 metros de altura, o mirante ocupa o 148º andar do edifício para oferecer uma surpreendente vista da cidade em miniatura, como não poderia deixar de ser de tal altura.

O Burj Khalifa (Torre Califa) é o edifício mais alto do mundo com uma altura de 828 metros. Na construção do edifício participaram mais de 12.000 pessoas de 30 países. Anteriormente foi conhecido como Burj Dubai (Torre de Dubai).

Para ter uma ideia de sua altura, o melhor é compará-lo com o arranha-céu mais famoso do mundo, o Empire State de Nova York. Com 381 metros de altura (431 se incluímos sua antena), o arranha-céu nova-iorquino é a metade do Burj Khalifa.

O Mirante “At the top”, o andar de observação onde é possível dar a volta no prédio e ver Dubai inteira, o Golfo Pérsico e o deserto. A entrada é feita pelo vizinho Dubai Mall, no andar Lower Ground do shopping. De lá você caminha por um corredor multimídia que mostra um pouco da história de Dubai e da torre, até chegar ao famoso elevador. Ele é supeeer rápido e o mais alto do mundo também, sua velocidade é de 10 metros por segundo e a subida ainda tem efeitos especiais e músicas, é uma atração a parte.

A construção do Burj Khalifa começou em 21 de setembro de 2004 e terminou em 4 de janeiro de 2010, mais de um ano depois do previsto. O arranha-céu se destaca por ter um grande número de andares residenciais, algo insólito até o momento.

Na verdade o “At the top” não fica no último andar como todos imaginam, ainda tem mais uns andares pra cima. Mas mesmo assim ainda é o deck de observação aberto mais alto do mundo e tem uma vista linda, é tão alto que nem parece real. E pra quem está lembrando do prédio de algum lugar, é do Missão Impossível – Protocolo Fantasma, com o Tom Cruise, que ele passa de um quarto do hotel Armani pro outro, por fora!!! Lá na entrada do At the top tem um espaço dedicado ao filme.

At The Top Observation Deck:  Do alto, é possível ver o Golfo Pérsico, o deserto e, claro, o show das fontes. A subida é muita rápida! Há locais onde o mirante é a céu aberto, com uma parede de vidro e em outros trechos, ele é coberto e climatizado. Tem até sala para meditação em meio ao mirante. No topo, há também uma lojinha de souvenir onde você poderá levar uma miniatura do Burj Khalifa para casa. Se quiser fazer uma visita repleta de informações, não deixe de alugar o audioguia disponível na recepção.

Com 828 metros de altura (imagine! quase um quilômetro!), de perto o prédio não cabe numa foto só. A Wikipedia lista 15 recordes mundiais batidos pelo edifício: entre eles, os de maior número de andares (160), mais alto mirante ao ar livre do mundo (a 452 metros, no 124º andar), mais alta mesquita do planeta (no 158º), a boate mais alta da Terra (no 144º) e o elevador mais rápido jamais instalado (64 km/h). A permanência máxima de cada visitante no Sky é de apenas 30 minutos, entretanto, no mirante normal, o tempo de permanência é livre.

Dica de ouro é ver o pôr-do-sol do topo do Burj Khalifa. Observe o horário ao comprar o ticket online, e escolher para o final da tarde. Isso caso esteja disponível. Sim… porque esses horários são sempre os primeiros a serem esgotados. Considere que os horários do pôr-do-sol mudam conforme a estação,. Note essa orientação a seguir para ter uma referência: O verão dos Emirados é o período entre Maio e Setembro: o pôr-do-sol ocorre entre às 18h e 19h. O inverno de Dubai é o período entre Outubro e Março: ai o sol diz bye bye entre às 17h30 e 18h.

Nada como uma pausa relaxante, após a correria de um City Tour por Dubai, ao ar livre e num dos vários restaurantes ao redor da imensa lagoa artificial fincada no meio do complexo do Dubai Mall e Burj Khalifa ( dois dos superlativos de Dubai: um é o maior shopping do mundo e outro é a torre mais alta do planeta). O que faz essa parada ser tão especial é o Show das Águas e Luzes Dançantes, The Dubai Fountain, considerado uma das atrações turísticas mais recomendadas em Dubai tanto para visitantes quanto para moradores da cidade, e é gratuito.

A Dubai Fountain é a maior fonte dançante do mundo. Ela dispara fortes jatos d’água a mais de 150 metros de altura no ar, acompanhada por música e iluminada por projeções a laser e milhares de luzes. Ela foi projetada pelos criadores de outro show com fonte famoso em todo o mundo, no hotel e cassino Bellagio, em Las Vegas. A fonte tem mais de 275 metros de comprimento e fica no Lago Burj Khalifa, extensão de água artificial que ocupa uma área de 12 hectares em frente ao Dubai Mall.

Reserve seu lugar para assistir ao espetáculo aquático no Waterfront Promenade, fora do shopping. Esse é o local mais popular para observar a fonte. Alguns minutos antes de cada apresentação, uma multidão sai do shopping center, e essa alameda fica muito movimentada. Chegue cedo para garantir um bom lugar perto da fonte. Ou reserve uma mesa em um dos restaurantes com vista para o lago e para essa atração. Outro ponto interessante é a ponte entre o shopping e o Souk Al Bahar, pois esse local fica menos movimentado.

Cada apresentação tem entre 3 e 5 minutos. Admire as dezenas de jatos d’água de alta pressão movimentando-se em sincronia com a música. Os feixes de luz, que sobem reluzentes a partir da fonte, podem ser vistos a 32 quilômetros de distância. Fique para mais de um espetáculo. Há diversos shows diferentes todas as noites, e cada um deles tem música e movimentação próprias.

 

O show das águas dançantes das Fontes de Dubai está entre os mais belos da cidade. No lago artificial em meio ao bairro de Downtown, a música anuncia o início do espetáculo que acontece entre o Burj Khalifa, o Dubai Mall, o hotel Palace Downtown e o Souk Al Bahar. As fontes nascem de dentro do lago e começam a seguir o ritmo que entoa clássicos mundiais. A água dança enquanto dura a música, por isso o show é sempre bem rápido. Sempre que estiver na área, tente assistir ao espetáculo. A cada apresentação, a música e a coreografia mudam. As apresentações são gratuitas e podem ser vistas de vários pontos de downtown. Escolha o seu fundo predileto para registrar belas fotos. Vale até pegar uma das gôndolas no Dubai Mall para ver a dança das águas ainda mais de perto. O projeto foi elaborado por uma empresa americana, a mesma que havia feito o projeto das fontes dançantes do Hotel Bellagio – Las Vegas. O espetáculo é promovido pelos inúmeros projetores de luzes coloridas (1.5 milhão de pontos) junto com outras milhões jorrando água verticalmente, atingindo 150m de altura em algumas performances, acompanhando os ritmos de várias músicas árabes e internacionais.

 

Um elevador de alta velocidade, que sobe a 10 metros por segundo, o leva ao deck em menos de 60 segundos. As vidraças que vão do chão ao teto permitem observar a cidade, o deserto e o Golfo Pérsico sem obstruções. Você também pode ficar no terraço externo. Embora não fique no topo do Burj Khalifa, você ainda poderá alegar que esteve em um dos mais altos decks de observação externos do mundo, a uma altura de 452 metros. Dois andares abaixo do deck de observação, você encontrará o sofisticado At.mosphere, o mais alto restaurante e lounge do mundo. Visite-o para almoçar, jantar ou fazer o chá da tarde. A melhor hora para subir e a mais solicitada é ao entardecer. Se você não pode comprar os ingressos para esta hora, o melhor é comprar para o dia do que para a noite, já que Dubai não se destaca por sua iluminação noturna.

Horários dos shows: diariamente a cada 30 min das 18h às 22h nos dias de semana e das 18h às 23h nos finais de semana ( lembrando que os finais de semana em DUBAI são sextas e sábados).

O Burj Khalifa possui umas 4 entradas oficias, 3 delas são pelo prédio mesmo e uma delas é pelo shopping vizinho Dubai Mall. E é justamente esta entrada que dá acesso ao “At the Top”. Localizada no LG (Lower Ground) que seria o subsolo do shopping, embaixo dos andares ocupados pela ala chamada “Fashion Avenue”.
Saiba que a entrada por esse andar, é a mais fantástica e glamorosa ala chique do shopping, lá se encontra as lojas com grifes mais famosas do mundo da moda. Assim que entrar na Fashion Avenue, pegue um elevador perto da placa de informações e saia bem ao lado do hall de entrada do At The Top. Nesse local você encontrará uma réplica do prédio com diversas informações sobre o mesmo. Recomenda-se chegar 1 hora antes do horário escolhido para ir ao topo… considerando que o Dubai Mall é enorme, as pessoas podem se perder um pouco até chegar ao guichê de entrada.

O show é visível do espaço como um dos pontos mais iluminados na região do Oriente Médio, pela força dos pontos luminoso como também por ser a maior fonte dançante do mundo.

O melhor horário para subir aos mirantes do Burj Khalifa é no final de tarde, quando se pode ver o belo pôr do sol e ainda aguardar o acender das luzes para ver o show das fonte e a cidade de Dubai toda iluminada. As sextas e sábados, é oferecido um horário especial, que permite ver o nascer do sol no topo do Burj Khalifa. Para curtir a vista aliada a um bom drink ou um jantar refinado, faça uma reserva no At.Mosphere. O restaurante, localizado no 122°, conta com um salão maravilhoso que oferece belo visual para Dubai.

Dubai parece uma cidade que busca bater todos os recordes possíveis, e consegue em muitos casos. Um deles é o Burj Khalifa, um prédio que quebrou 7 recordes, o mais conhecido é o recorde de prédio mais alto do mundo, com 828 metros de altura. Um recorde não-registrado pelos wikis é o da mudança de nome. Durante os seis anos de construção o edifício foi conhecido como Burj Dubai. Mas durante o discurso de inauguração — ou seja, no momento zero da vida do edifício — seu nome foi trocado para Burj Khalifa, num agradecimento velado aos US$ 20 bilhões de ajuda do emir de Abu Dhabi, o sheikh Khalifa bin Zayed Al-Nayhan às combalidas finanças de Dubai (uma parte deste dinheiro foi usada para concluir a obra). A mudança de nome mais rápida da história, com certeza.

Burj Khalifa é o prédio mais alto do mundo e é um dos principais pontos turísticos em Dubai, apenas 828 m de altura. Ele pode ser vislumbrado enquanto se anda por Dubai inteirinha. Uma fotinha tendo o Burj Khalifa como pano de fundo, faz parte do álbum de qualquer turista que botar os pés em Dubai e a primeira a ser publicada no Facebook. É imperdível visitar o Deck de Observação chamado “At The Top”, localizado no 124º andar, passeio que deve constar na lista dos lugares a conhecerem Dubai.

 

A Fonte de Dubai foi projetada pela WET Design, empresa americana também responsável pelas fontes do Bellagio Hotel Lake, em Las Vegas. O custo de sua construção foi de cerca de US$ 217 milhões. Se subir ao deque de observação “At The Top” não é um programa barato e se hospedar no Armani Hotel Dubai é um luxo para poucos, admirar do lado de fora o Burj Khalifa pode ser um dos programas mais interessantes nos Emirados Árabes. E o melhor, gratuito.

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo