Você está aqui
Home > EUROPA > Europa > Itália > Florença > Florença tem o David de Michelangelo

Florença tem o David de Michelangelo

Essa é nossa segunda viagem para Florença . Adoramos a cidade, e resolvemos voltar. Tenho outra página aqui neste site, procure por Firenze que você vai encontrar.  Saiba que um dos símbolos de Florença é o David de Michelangelo  e está ocupando um ponto de honra no prédio do Museo dell’Accademia, fundado em 1784 por Leopoldo de Lorena. Há alguns anos um louco avançou sobre esta obra com um martelo e antes de ser detido conseguiu danificar partes da estátua. Felizmente uma equipe de estudiosos conseguiu fazer um trabalho perfeito de recomposição. A estátua de Davi é linda.  Um escândalo de grande! Só a estátua tem 4 metros, sem contar o pedestal! Uma perfeição de anatomia humana representada ali naquele bloco único de mármore.Diz a lenda que perguntado como ele tinha feito aquela estátua tão perfeita em um só bloco de pedra, Michelângelo respondeu: “Eu olhei o bloco, peguei o martelo e o cinzel e tirei tudo o que não era Davi”. Simples assim! Só mesmo um gênio para enxergar Davi em um bloco de mármore. Ainda que exposta numa base, ela é bem grande (exatamente cinco metros e dezessete centímetros). Deixa-nos pequenos . As mãos, por exemplo, são imensas!

Ponte Vecchio

 

florença02
Atrás de nós a cem metros da Praça dela Signoria fica a Ponte Vecchio, um dos símbolos de Florença. A ponte sobre o Rio Arno é a mais antiga da cidade, data de 1345. Desde o século XVI, a ponte é ocupada por joalheiros e ourives.

Originalmente construída com o objetivo de incorporar comerciantes de carnes e peixes, esse misto de ponte e base de sustentação para graciosas casas saiu bem melhor do que a encomenda. Em primeiro lugar porque segue firme unindo as duas margens do Rio Arno após mais de 650 anos – sobrevivendo a vários problemas de higiene ao longo da Idade Média. E também porque simplesmente se transformou no cartão-postal definitivo de Florença, juntamente com o Duomo. Algumas das lojas que a ocupam são geridas pelas mesmas famílias há séculos, numa tradição que teve início no século 16, quando as edificações sobre a ponte passaram às mãos de joalheiros e ourives.

florença32
Um dos cartões postais da cidade de Firenze, o Ponte Vecchio é a ponte mais antiga da cidade e é de uma beleza única! Atravessa o rio Arno no seu ponto mais estreito ligando a cidade de Norte à Sul. Três amplos arcos cobrem o rio. Pintadas de amarelo vivo, as lojas e suas fileiras de pequenas janelas quadradas se refletem na água, criando uma das imagens mais emblemáticas de Florença.

Antes da atual Ponte Vecchio, tantas outras foram construídas e destruídas pelas constantes cheias do Rio Arno. A ponte definitiva foi construída em pedra em 1345 por Taddeo Gaddi (segundo Giorgio Vasari) ou por Neri di Fioravanti. Somente em 1442 foi determinado que os açougueiros da cidade deveriam ocupar as lojas do Ponte Vecchio para preservar a higiene pública. Como eles haviam necessidade de mais espaço, construíram desordenadamente pequenas salas que se projetam sobre o rio, sustentadas por estacas de madeira.

florença84

Em 1565 o recém grão-duque de Firenze, Cosimo I de’ Medici, pede ao arquiteto Giorgio Vasari (o mesmo que projetou o Uffizi) a construir um corredor sobrelevado que ligasse o palácio do governo (Palazzo Vecchio) à sua residência (Palazzo Pitti), passando pelo Ponte Vecchio e Chiesa di Santa Felicità. Sua motivação foi a incerteza do apoio da população ao Duque e ao novo sistema de governo que substituiu a Republica Fiorentina. O Corridoio Vasariano (como é conhecido hoje) foi construído em apenas 5 meses!

florença44
Ao caminhar pela ponte, pare diante de uma das diversas joalherias, cujas mercadorias vão de antiguidades caríssimas a souvenirs em conta.

Uma particularidade do Ponte Vecchio conhecida mundialmente é de ser todo ocupado por joalharias. Esta ocupação foi determinada por Ferdinando I em 1596 que se incomodava com o mal cheiro dos açougues que ocupavam a ponte.

florença89

Hitler foi recebido em Firenze por Mussolini no ano de 1938 durante a viagem dos alemães á Itália em busca de aliança. Mussolini mandou abrir duas grandes janelas no centro da Ponte para que Hitler pudesse admirar o panorama oeste do Rio Arno.

florença43
De quem é a estátua cercada de cadeados? Benvenuto Cellini foi um artista-escultor-escritor do século XVI, considerado o ourives mais importante de Firenze. Sua obra mais famosa é o “Perseus com a Cabeça de Medusa” localizada na Loggia dei Lanzi na Piazza della Signoria. Sua estátua colocada no centro da Ponte foi realizada em bronze por Raffaello Romanelli em 1901. Os cadeados que circundam a estátua simbolizam o amor insolúvel entre um casal. Os nomes são escritos sobre o cadeado e a chave é jogada no Rio Arno simbolizando que ninguém jamais poderá abri-lo. Se quiser fazer isso com seu amor, cuidado, pois se te pegarem tem multa prevista de 50 euros!

Em Agosto de 1944, durante a Segunda Guerra Mundial, os nazista bombardearam Firenze e a Ponte Vecchio foi o único entre todas as pontes à sobreviver em pé! Talvez tenha sido graças à visita de Hitler alguns anos antes. Em compensação, destruíram quase que completamente as vias de acesso à ponte. O Corredor Vasariano por muitos anos foi a única maneira de passar de Norte à Sul da cidade.

Duomo

florença69
Quando Arnolfo di Cambio, arquiteto da catedral, foi encarregado do projeto, recebeu o pedido de realizar “a maior e mais bela igreja nunca antes construída”. E assim ele o fez: comprida 153 metros, larga 38 no ponto mais estreito e 90 metros no mais largo e altura de 86,7 metros. Por muito tempo o Duomo de Florença foi o maior do mundo. Hoje ele encontra-se na quarta posição, depois de San Pietro em Roma, Saint Paul em Londres e do Duomo de Milão.

Duomo ou Catedral?

Geralmente podem seu usados como sinônimo. Em italiano também existe a palavra Catedralle, que é a igreja do bispo da cidade. O Duomo é a igreja principal da cidade, logo na maioria das vezes Catedral e Duomo são a mesma igreja.

florença09
Firenze na Idade Média era chamada com seu nome em latim, Fiorenza, nome que deriva da palavra fiore = flor. Na explicação religiosa a flor se refere metaforicamente ao fruto de Maria, ou seja, Jesus. Logo, é a Catedral da Nossa Senhora de Firenze e de Jesus.

 

florença76
Mesmo depois de construído, o Duomo de Firenze continuou a ser chamado pelos fiorentinos de Santa Reparata. Para solucionar o problema, em 1412 foi promulgada uma lei que obrigava à todos de usarem o nome correto da igreja, caso contrário haveria uma multa.

 

florença10
A Porta do Paraíso é uma obra-prima do Renascimento realizada por Lorenzo Ghiberti para o batistério de Florença.Colocada em local seguro em 1943, durante a II Guerra Mundial, e mais tarde danificada pela grande inundação de 1966, foi substituída por uma cópia em 1990. Ela tem oito toneladas de bronze e ouro. A obra, com 5,20 metros de altura por 3,10 de largura e 11 centímetros de espessura, foi realidade entre 1426 e 1452 pelo artista Lorenzo Ghiberti (1378-1455), assistido por colaboradores do calibre de Donatello, Luca della Robbia ou Benozzo Gozzoli. Quando foi mostrada em público pela primeira vez, Miguel Ângelo ficou de tal forma impressionado com a sua beleza que lhe chamou Porta do Paraíso, conta o pintor-arquitecto Giorgio Vasari nas suas famosas Vidas de pintores.

 

florença72a
Algo interessante de reparar no interno da catedral é a presença de representação de figuras não religiosas, como o quadro de Dante, ou os afrescos de comandantes militares. Também não há as capelas privadas de famílias importantes como ocorre em Santa Croce ou Santa Maria Novella. O Duomo de Firenze sempre foi considerado um lugar público, dos fiorentinos, e exalta seus homens ilustres. Por muitos anos as 4 portas laterais da igreja eram abertas para a livre passagem de pessoas que gostariam simplesmente atravessar a praça.

 

florença21
A sul da Praça do Duomo fica a Piazza della Signoria com o Palácio Vecchio, que formam o coração político e social de Florença. A Praça é intensamente procurada pelos turistas, por ser uma verdadeira galeria de arte ao ar livre.

A Praça faz uma síntese da história de Florença. Aí foram instalados banhos romanos, mais tarde passou a ser um local de reuniões e reivindicações e hoje é um lugar de  comemorações da cidade. Na Praça ficam três grandes e maravilhosas estátuas: A de Netuno é obra de Bartolomeo Ammannati e celebra as vitórias navais da Toscana.

florença81
Ao lado da Loggia dei Lanzi fica o Palácio Vecchio, onde ainda funciona a prefeitura de Florença. O Palácio foi construído em 1322 e no alto da sua torre foi instalado um sino, usado para convocar a cidade para reuniões.

No final do século 19, uma réplica do Davi foi colocada no lugar do original, bem em frente ao Palazzo Vecchio, na Piazza della Signoria, centro político de Florença. Foi uma forma de preservar o trabalho de Michelangelo, já que a escultura estava há quase quatro séculos ao ar livre, exposta ao clima e a possíveis vândalos. A Galeria Uffizi fica ao lado do Palácio Vecchio e é o maior museu de arte da Itália. Dentre as obras da Galeria destacam-se a O Nascimento da Vênus de Botticelli e o Duque e a Duquesa de Urbino pintados por Piero della Francesca.

florença25
A estátua do Hércules e Caco, que fica ao lado do David e na mesma praça foi esculpida por Baccio Bandinelli e retrata a vitória de Hércules sobre a maldade de Caco, um dos episódios dos “Doze Trabalhos de Hércules”.

florença83

florença79
Ao lado dessas três esculturas fenomenais fica a Loggia dei Lanzi, um edifício aberto que reúne mais uma série de esculturas magníficas de Florença. Ao fundo da Loggia ficam estátuas de imperadores romanos e na parte da frente destacam-se: o Perseu, O Rapto das Sabinas, uma estátua de Giambologna de 1583, com três figuras entrelaçadas esculpidas em um único bloco de mármore.

Note a estátua em verde ao fundo do lado esquerdo, o Perseu segurando a cabeça da Medusa, de Cellini, uma espetacular escultura de bronze de 1554.

florença57
Assim como em Milão, para garantir o retorno à cidade ou para ter sorte, deve-se colocar o calcanhar direito no aparelho reprodutor do touro na galeria Vittorio Emanuele II e girar uma vez ao redor dele, em Florença, o lance é passar a mão no focinho do porco e colocar uma moeda na boca dele. Vai ver que foi por isso que voltei….rsrsrsrs. OMercado del Porcelino, Mercado Novo, vende produtos de couro, montes de casacos, carteiras, souvenirs, etc .

 

florença93
Basílica de São Lourenço, igreja da poderosa família Medici. Não se deixe enganar pela fachada modesta. Lá dentro há um enorme tesouro artístico e arquitetônico.

Além da igreja, os Médici capricharam nos mausoléus da família. O lugar onde estão enterrados alguns de seus membros mais ilustres – a Capela do Príncipe e a Sacristia Nova – é um luxo só. A primeira tem até pedras semipreciosas incrustadas na parede. A segunda foi projetada por Michelangelo, que também legou três estátuas para túmulos de Médicis famosos, o Lorenzo, inclusive.

florença64
Bancas numa rua na imediação da Basílica São Lourenço, numa tarde fria de inverno .

 

Veja mais fotos de Florença:

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo