Você está aqui
Home > EUROPA > Europa > Espanha > Granada na Andaluzia, Espanha

Granada na Andaluzia, Espanha

A alma moura ainda reside nos hábitos de toda essa região de Granada. Os folhetos de turismo dizem que Granada, na Andaluzia, sul da Espanha, é uma cidade que “espalha beleza e história entre duas colinas (Albayzín e Alhambra) e dois rios (Darro e Genil), nos quais, já dizia o dramaturgo Federíco Garcia Lorca, só navegam os suspiros”. Granada é daqueles lugares que não podemos deixar de visitar em uma viagem à Espanha. Seus diversos pontos turísticos, o sensacional centro histórico e a riqueza cultural fazem do destino uma ótima opção.

 

granada07
O fértil território aos pés da Sierra Nevada, serviu como inspiração para que os reis católicos Isabel de Castela e Fernando de Aragão pusessem fim aos 781 anos de domínio islâmico na Península Ibérica no ano de 1492. Em Granada percebemos a presença moura em sua maior intensidade na Espanha. Os mouros deixaram para trás riqueza e esplendor, sabiamente preservados. É o caso da fortaleza de Alhambra e seu palácio Generalife e do bairro de Albaicín, listados como Patrimônio da Humanidade pela Unesco e que atestam o grau de desenvolvimento da sociedade árabe daqueles tempos.

 

granada234
Atualmente é um centro turístico importante, devido aos seus monumentos e à proximidade da estância de esqui, bem como da região histórica das Alpujarras e também da zona balnear mediterrânica conhecida como Costa Tropical. A cidade situa-se na ampla depressão de Granada formada pelo rio Genil, para o qual confluem na cidade os rios Darro e Beiro.

granada210

Granada é sem dúvida uma das cidades mais importantes da Espanha. Além de ter uma excelente Universidade fundada no século XVI, é importante destino turístico devido às inúmeras atrações da cidade, principalmente a deslumbrante Alhambra.

granada108

A cidade, que foi o último refúgio dos mouros antes de serem expulsos no século XV, foi alvo de constantes ataque de Napoleão em 1812, e quase foi destruída. Hoje em dia, viajar para Granada é essencial para conhecer mais sobre a história da Europa e as guerras contras os povos vindos da África.

Alhambra

granada14b
Alhambra, a fortaleza de Granada, é uma das construções mais famosas da Espanha: um forte mourisco com grandes arcadas e delicados mosaicos ornamentais.

A Alambra vai receber um post especial aqui em nossa páginas de Passeios e Roteiros. É muito linda e decidimos fazer uma matéria separada. Clique AQUI.

Em Granada do programa imperdível é conhecer|:

Alhambra: é um rico palácio construído com a mais exuberante arte islâmica, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO;
Generalife: é uma vila com diversos jardins utilizada para descanso pelos muçulmanos;
Bairro de Albaícin: constitui uns dos mais importantes núcleos turísticos de Granada.

granada106
Dos demais lugares de interesse, devemos visitar visitar a Catedral de Granada, o Mosteiro de La Cartuja, o antigo bairro do Realejo (antigamente ocupado por muçulmanos), o Albaicín, o Sacromonte e muitas praças e ruas estreitas, para dar um passeio e descobrir lugares insólitos que não vemos em guias.

Voltamos no tempo perambulando pelas ladeiras de paralelepípedo de Albayzin. A recompensa é a maravilhosa vista do Mirador San Nicolas. A vida noturna de Granada é animada e variada graças, em parte, à população de estudantes. Os bares da Calle Elvira ou, se algo mais sossegado, os salões de chá tradicionais da Calle de Las Teterias são uma boa pedida para ocuparmos nosso tempo em Granada.

granada55
Granada foi um centro de cultura importante durante a ocupação moura. A convivência de muçulmanos, católicos e judeus, impulsionaram a cidade, onde artesãos, mercadores, cientistas e eruditos se misturavam com facilidade. Essa característica deixou para Granada um legado cultural e arquitetônico espetacular.

O Albaicín é o bairro árabe em “frente” à Alhambra com aquele monte de casinhas brancas lindas e Sacromonte é o bairro dos ciganos, que moram em cavernas nos morros e também podem ser visto da Alhambra e de vários pontos da cidade.

granada233
Um dos lugares mais atraentes da zona histórica de Granada é a Plaza Nueva, seguindo para a Carrera del Darro, onde encontramos restos bem preservados do passado mouro, também podemos perceber que a partir do século XVI, ela se tornou uma área favorita para a nobreza cristã. A Plaza Nueva não só é atraente por causa de seu ambiente, mas também pelos magníficos edifícios erigidos nos estilos mais diversos, tipos e funções: conventos, igrejas, casas senhoriais, banhos árabes, etc. A rua Carrera del Darro Darro é paralela ao rio, entre o bairro Albaycin e a colina Alhambra.

Plaza Nueva é um dos pontos de partida para aqueles que decidem entrar no Albaycin, Sacromonte Alhambra. A configuração atual é o resultado de um processo de desenvolvimento alargando dentro da cidade muçulmana, depois de percorrer o rio Darro. A formação desta praça deveu-se à união de três outros: La plaza Nueva del Hatabín, La plaza de la Chancillería e La plaza de Santa Ana.

granada04
Quando os Reis Católicos pensaram em transformar Granada na capital do reino, foi transferido para esta cidade uma das duas Chancillerías existentes, em seguida, Ciudad Real. O Tribunal de Justiça foi instalado em Albaycin, até a segunda metade do século XVI posteriormente tranferiu-se todo o reinado de Filipe II.
granada132
No bairro de Albaicín é onde mais se sente a influência moura em Granada. A maioria das igrejas, ocupam hoje o lugar que no passado foi das mesquitas.

Circulando pelas ruas do centro de Granada, vamos encontrando muitas flores alegrando avenidas e monumentos. E também encanta vermos os pés de laranjeiras adornando as calçadas com seus frutos. Tudo muito lindo e bem cuidado.

granada231

Os espanhóis têm o costume de se reunir em praças e aproveitar a presença dos amigos. A prática chamada de “botellón”, está presente em todos os cantos do país, principalmente com grande concentração de jovens.

granada102
Granada foi uma das últimas cidades a serem tomadas pelo cristianismo. Não por uma guerra, mas por um acordo: as pessoas poderiam continuar praticando sua religião, qualquer que fosse, mesmo após Granada ter sido tomada pelos católicos. Isso garantiu uma certa continuidade à cultura muçulmana que se reflete muito em toda arquitetura da cidade. As duas religiões viveram em harmonia nesse período, mas alguns anos depois, quando a corte foi para Granada, eles não gostaram nada de que a cidade ainda era tão ligada ao Islamismo. Como já era de se esperar, começaram as conversões forçadas fazendo ameaças, cometendo assassinatos e prendendo muçulmanos importantes que viviam aí

O sul da Espanha é cheio de história e existem centenas de cidades encantadoras para preencher a viagem de férias até mesmo de turistas mais exigentes. Viajar para Granada é sem dúvida um dos pontos altos para qualquer viajante.

granada206
Os cristãos deixaram a sua marca na cidade desde a Reconquista. A catedral no coração da cidade, metade renascentista, metade barroca é uma das maiores do mundo; imediatamente ao lado está a Capela Real onde Fernando e Isabel, os reis católicos que reconquistaram Granada, estão enterrados. De tão dourados, os altares em ambos os prédios nos deixam quase sem visão.Catedral.

A construção da catedral terminou em 1704, 180 anos depois da colocação da primeira pedra fundamental. Situada no centro de Granada, é considerada a primeira igreja renascentista da Espanha, tendo seu modelo servido como exemplo, a partir de meados do século XVI, a todas as igrejas metropolitanas que depois dela se elevaram. A Capela Real foi encomendada pelos reis católicos para seu próprio mausoléu, tendo sido construída primeiramente, entre 1505 e 1521.

granada107
Em um país repleto de bares de tapa, Granada reina absoluta. Ao pedir qualquer bebida em um bar, é muito provável que você receba de graça deliciosas tapas, que podem ser de queijo, azeitonas, jamón, peixe e muito mais. Além da “comida grátis” e apesar de seu tamanho reduzido, Granada oferece uma animada vida noturna. A cidade possui um ótimo ambiente universitário e por isso é um excelente lugar para aprender espanhol.

Entre as muitas atividades culturais que existem em Granada, podemos desfrutar do Festival Internacional de Música e Dança ou o Festival de Magia Hocus Pocus. Com atrativos para todos os gostos, Granada sem dúvida tornará os seus dias na Espanha muito mais intensos.

Veja mais fotos de Granada:

 

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo