Você está aqui
Home > ESTADOS UNIDOS > Memphis – EUA

Memphis – EUA

Por motivos ligados a sua localização estratégica às margens do rio Mississipi, Memphis sempre foi valorizada como centro habitacional e comercial da América. Memphis é a maior cidade do estado norte-americano do Tennessee. Localiza-se no sudoeste do estado e figura entre as 50 maiores cidades do país.

A pirâmide de Memphis é a construção mais famosa da cidade. A obra foi concluída em 1991 e causou quase tanta polêmica por aqui quanto a pirâmide de vidro construída no Louvre de Paris. Também está situada em Mud Island, ilha formada pelas águas do Mississipi, bem em frente ao centro da cidade, e serviu como cenário do filme A Firma, com Tom Cruise. Pyramid Arena, aqui realizam-se shows, jogos e lutas de box

Ao fundo a pirâmide de Memphis localizada em Mud Island , que tem também diversas outras atrações turísticas, entre as quais o River Walk, representando uma versão em miniatura do rio Mississipi.
Ao fundo a pirâmide de Memphis localizada em Mud Island , que tem também diversas outras atrações turísticas, entre as quais o River Walk, representando uma versão em miniatura do rio Mississipi.

Beale Street

Beale Street é mais um pedaço de história em Memphis e lá está o lugar, exatamente, onde em épocas passadas, nasceram os blues, esse ritmo saudavelmente gostoso. Saudável porque, diferente do rock e alguns outros ritmos, permite ser apreciado sem a doideira dos altos volumes. Ainda na Beale Street, encontram-se discos e toda sorte de lembranças desses temas, alguns muito criativos e de bom gosto. Lojas de decoração bizarra, colorido abundante, tudo ao rigor da influência afro. Umas poucas quadras de puro deleite dos olhos.

Beale Street é uma rua no centro de Memphis. É um lugar significativo na história da cidade, bem como na história do Blues . Hoje, os clubes de blues e restaurantes localizados na Beale Street são os principais atrações turísticas em Memphis.
Beale Street é uma rua no centro de Memphis. É um lugar significativo na história da cidade, bem como na história do Blues . Hoje, os clubes de blues e restaurantes localizados na Beale Street são os principais atrações turísticas em Memphis.

 

A indústria cinematográfica e de entretenimento também é forte em Memphis. Vários filmes já foram filmados na cidade, entre eles: A Firma (1993), Cast Away (2000), [[Walk the Line]] (2005) e Hustle & Flow (2006).

Memphis respira Elvis Presley. E blues. O Teatro Orpheu onde ele começou a se apresentar e a fazer os primeiros requebros, a primeira gravadora, estátuas.
Memphis respira Elvis Presley. E blues. O Teatro Orpheu onde ele começou a se apresentar e a fazer os primeiros requebros, a primeira gravadora, estátuas.

Duck rider

Desde que o hotel Peabody abriu suas portas em Memphis, no Tennesee, a tradicional marcha dos patos Peabody (duck rider) segue sem interrupção (1933) . O “passeio dos patos” (duck rider) no hall do Peabody Hotel. No meio do saguão do luxuoso hotel, tem um laguinho, e as pessoas vão se aglomerando e deixando um caminho para a porta do elevador. Então às 11 h o elevador se abre, e saem de dentro dele os tais patos, que habitam o terraço, e vem tomar banho de laguinho. Ao final da tarde, as pessoas se aglomeram novamente, quando eles vão dormir.

Estivemos no hotel "The Peabody" para apreciar a atração destaque de muitos anos do local: os patos. Eles saem da fonte (aqui atrás de nós) a um comando de voz, descem as escadas, passam pelo tapete vermelho em direção ao elevador. As pessoas se acotovelam para ver isso.
Estivemos no hotel “The Peabody” para apreciar a atração destaque de muitos anos do local: os patos. Eles saem da fonte (aqui atrás de nós) a um comando de voz, descem as escadas, passam pelo tapete vermelho em direção ao elevador. As pessoas se acotovelam para ver isso.

Graceland

Elvis Presley também é um Rei para o turismo de Memphis. Só a mansão em Graceland recebe cerca de 600 mil pessoas por ano. Se visitar a casa já é uma experiência completa, imagine dormir em um dos 128 quartos temáticos do Heartbreak Hotel. Fomos conhecer Graceland, a casa de Elvis Presley. Elvis chegou à cidade aos 13 anos, ainda menino tímido e pobre. Cantava música gospel nas igrejas e adorava ouvir o blues da Beale Street. Da mistura de ritmos, inventou o rock. De repente, virou sensação internacional. Aos 22 anos, era dono de Graceland.

Elvis Presley sempre considerou a cidade à beira do Rio Mississippi a sua casa, onde passou os momentos mais felizes da vida. Para retribuir, Memphis dedica, em agosto, uma semana inteira de festas, a Elvis Week, lembrando o aniversário de morte do Rei .Isto é, para quem realmente acredita que ele morreu.
Elvis Presley sempre considerou a cidade à beira do Rio Mississippi a sua casa, onde passou os momentos mais felizes da vida. Para retribuir, Memphis dedica, em agosto, uma semana inteira de festas, a Elvis Week, lembrando o aniversário de morte do Rei .Isto é, para quem realmente acredita que ele morreu.

 

Um bilhão de discos vendidos ao redor do mundo. E pensar que Elvis Presley nunca tirou os pés dos Estados Unidos para cantar. Charme, talento e aquele requebrado fizeram a carreira meteórica do astro, de cantor gospel a Rei do Rock””n””roll, com rápida participação no Exército e sucesso absoluto em Hollywood. E criaram um mito que ainda vive, principalmente em Memphis, no Tennessee.

 

Elvis comprou a mansão Graceland em 1957, a qual se tornou o lar dos Presley e uma das residências mais famosas do mundo. Elvis morreu em 16/08/1977 e, em 1982, Graceland foi aberta ao público, transformando-se em local de peregrinação dos fãs, principalmente durante o mês de agosto. Dentro da mansão se pode ver todo o mobiliário original de Elvis, o piano em que ele tocou por diversas vezes com os amigos, a decoração, as roupas originais de shows, os discos de ouro, os troféus. E, do outro lado da rua, em outra parte do complexo de Graceland, estão os carros de Elvis, os dois aviões, museus e outros locais definitivamente inesquecíveis.
Elvis comprou a mansão Graceland em 1957, a qual se tornou o lar dos Presley e uma das residências mais famosas do mundo. Elvis morreu em 16/08/1977 e, em 1982, Graceland foi aberta ao público, transformando-se em local de peregrinação dos fãs, principalmente durante o mês de agosto. Dentro da mansão se pode ver todo o mobiliário original de Elvis, o piano em que ele tocou por diversas vezes com os amigos, a decoração, as roupas originais de shows, os discos de ouro, os troféus. E, do outro lado da rua, em outra parte do complexo de Graceland, estão os carros de Elvis, os dois aviões, museus e outros locais definitivamente inesquecíveis.

 

Mud Island

 

Memphis, uma cidade agradável e tranquila. Em termos turísticos, sua melhor atração é o local conhecido como a Mud Island, uma península que concentra belas residências e onde pode ser encontrado um parque, marina, ancoradouro de onde partem roteiros fluviais pelas águas do rio Mississippi a bordo de típicas embarcações com rodas de pás na popa..
Memphis, uma cidade agradável e tranquila. Em termos turísticos, sua melhor atração é o local conhecido como a Mud Island, uma península que concentra belas residências e onde pode ser encontrado um parque, marina, ancoradouro de onde partem roteiros fluviais pelas águas do rio Mississippi a bordo de típicas embarcações com rodas de pás na popa..

 

Memphis é considerada a Cidade do Blues e o Berço do Rock´n´Roll. Sua Beale Street, aqui onde me encontro nesta foto, é uma das mais famosas ruas do mundo. Ela simplesmente ferve e exala o blues, principalmente ao cair da noite. São muitos os bares e restaurantes da região, nos quais o blues e o rock’n’roll são praticamente obrigatórios.

Memphis, claro, não é só Elvis – a cidade também comemorou meio século de soul. Mas por ele ficou conhecida e sente um orgulho quase materno. Até parece que Memphis parou no tempo, talvez em 1977, ano em que o Rei, desapareceu. Caminhando pelas ruas, o turista sem querer chega a uma praça com uma estátua de Elvis dançando. Ou, sem saber, passa na frente da escola onde ele estudou.

Também encontramos a estátua do não menos legendário B.B. King (falecido em Las Vegas, dia 14 de maio de 2015 de derrame cerebral)  que esporadicamente, ao vivo, podia ser assistido em apresentações no seu bar, que leva o mesmo nome, em meio a Beale Street, reduto da vida noturna em Memphis.

 

Rio Mississipi

 

O rio Mississipi é parte importante do Tennessee, e sua presença e influência são sentidas em vários lugares por aqui. Histórias relacionadas aos escravos das grandes fazendas sulinas, as plantações de algodão, o jazz, o blues, e toda uma história musical que floresceu nesta região do país graças à sua formação cultural., e para compras as melhores opções estão no Raleigh Spring Mall, ao norte da cidade, e no Hickory Ridge Mall, ao sul de Memphis.
O rio Mississípi é parte importante do Tennessee, e sua presença e influência são sentidas em vários lugares por aqui. Histórias relacionadas aos escravos das grandes fazendas sulinas, as plantações de algodão, o jazz, o blues, e toda uma história musical que floresceu nesta região do país graças à sua formação cultural., e para compras as melhores opções estão no Raleigh Spring Mall, ao norte da cidade, e no Hickory Ridge Mall, ao sul de Memphis.

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo