Você está aqui
Home > ESTADOS UNIDOS > California > Monterey e seu lindo aquário na Califórnia

Monterey e seu lindo aquário na Califórnia

Monterey fica muito perto de San Francisco,  a 190 Km (2 horas) de distância. É uma cidade muito bonita e com um píer interessante, onde é possível comer bons frutos do mar nos diversos restaurantes. Uma das atrações mais legais da cidade é o Monterey Bay Aquarium, que é bem grande e farto em espécies marinhas. Aliás Monterey é uma das paradas mais incríveis para quem viaja pela costa da Califórnia. Seja pelo charme da movimentada Cannery Row, pelo balé das sardinhas no famoso aquário de Monterey, pelas paisagens indescritíveis da 17 Mile Drive ou pelo canto enfurecido dos leões marinhos. Visitar Monterey é um item que não pode faltar na lista de quem percorre a Highway 1, uma das estradas mais famosas e mais bonitas dos Estados Unidos e uma das viagens de carro muito agradável. Sem contar que é a cidade do Zorro (rsrsrsr).

monterey21
Monterey fica na ponta da baía de Monterey. Embora para os olhos “desavisados” que circulam por esta região aquela paisagem de areia e sal possa parecer apenas mais uma à beira-mar, não é. Prestando atenção, pode-se perceber uma vegetação que não se repete em outras áreas da Califórnia – uma mesma planta rasteira predominante em diversas cores. A planta cresce pelas dunas, e forma um tapete natural lindíssimo.

 

monterey76
O Aquário de Monterey é um aquário que até quem não gosta muito de aquários vai curtir. Repleto de peixes col oridos, sardinhas dançarinas, águas vivas fabulosas e a fofíssimas lontras do mar (sea otter), este aquário combina um visual incrível com projetos de conscientização ambiental super interessantes.

O Aquário de Monterrey mostra esse mundo aos seus visitantes por meio de extraordinárias exposições que, com certeza, vão você. Os mergulhadores se comunicam com os visitantes de dentro de imensos tanques nos quais os peixes residem entre caules de algas-marinhas marrons de três andares de altura, e os membros da equipe que alimentam as travessas lontras marinhas contam histórias sobre os ataques desse animal. Uma piscina especial para filhotes permite que as crianças toquem as arraias-morcego e as estrelas do mar. A Splash Zone do aquário é uma área de exposição e diversão especial na qual as crianças podem entrar, escalar e aparecer em janelas enquanto visitam quase 60 diferentes criaturas marinhas que habitam um recife de corais e uma costa rochosa. Os favoritos de quase todos são os cômicos pinguins de pés pretos. Seus gestos são muito divertidos de assistir, especialmente no momento das refeições.Outras exposições imperdíveis do aquário incluem os tubarões: a Myth and Mystery, apresenta quase duas dúzias de espécies de lindos tubarões e arraias do mundo todo, e a Outer Bay, mostra atuns albacora-laje, tartarugas marinhas verdes, barracudas e outras criaturas que habitam o oceano aberto.

monterey02a1
Assim que entramos no Aquarium de Monterey , já avistei um dos tanques com uma floresta de kelp, algo que eu nunca vira em nenhum outro aquário do mundo. Percebi visualmente o quanto o ecossistema depende daquelas “gigantas” marinhas em um display super-claro – aliás, o aquário é todo interativo e cheio de atrações para você usar seus sentidos em plenitude. O aquário é muito interessante e ficar por lá observando as centenas de animais e vegetais, espalhados por entre as suas diversas salas e tanques é muito fácil. Para as crianças, há diversas partes nas quais dá para ter contato direto com os animais, como lontras, estrelas do mar, ouriços, pinguins, etc.

O Aquário, aliás, é construído onde antigamente funcionavam os entrepostos de comércio de sardinhas, cuja época áurea foi no início do século – hoje a quantidade delas é absurdamente menor que no passado, e tais entrepostos já não dão o lucro desejado. Havia também a indústria baleeira, que foi desativada por pressões ambientalistas. Nos galpões onde toda essa ação ocorria há mais de 100 anos, hoje temos disseminação de conhecimento: o aquário é um local pra lá de educativo, em todos os sentidos.

 

monterey05a
O Monterey Bar Aquarium que tem atraído cada vez mais moradores e turistas de toda a região surgiu em 1984 e hoje é considerado um dos maiores e mais importantes aquários de água salgada do mundo. O mais incrível de fazer este passeio é que você entrará em contato com milhares de espécies marinhas e poderá saber um pouquinho mais do histórico de cada uma delas. Dentre os principais animais que encontrará por lá estão: tubarões, águas-vivas, leões-marinhos, lontras e muitos outros. Vale super a pena o passeio e é a garantia de muita diversão, seja em família ou com os amigos.

As exposições no Monterey Bay Aquarium mostram a vida marinha do Oceano Pacífico . Para quem não sabe, diferente dos aquários do mundo em geral que têm um pouco de tudo dos diferentes ecossistemas marinhos, o aquário de Monterey é bastante focado no ecossistema local, da baía de Monterey, que é único e, felizmente, um dos maiores santuários marinhos do mundo. A área de plataforma continental é pequena por ali, e logo o solo cai abruptamente para um abismo de mais de 1,000 metros próximo à costa (um mapa interessante aqui). Essa geologia especial do fundo da baía permite uma ressurgência de nutrientes planctônicos fenomenal, que atrai inúmeras espécies marinhas para a região, como baleias, golfinhos, tubarões, sardinhas, atuns, etc. Ali, elas se alimentam fartamente. Algumas residem na baía; outras passam de vez em quando, como as baleias-cinzas. Além dessa festa, há ainda florestas de laminárias (kelp, em inglês) gigantescas, que deixam o ambiente embaixo d’água com um ar de cenário de filme épico.

monterey24
Este aquário é considerado a maior e mais concorrida atração da cidade, contando com 35 mil plantas e animais de 623 espécies diferentes, como tubarões, lontras e águas-vivas, apresentados em tanques gigantescos. De um pier é possível assistir aos leões-marinhos se espreguiçando ao sol. O aquário fica na 886, Cannery Row.

Chegando perto do Oceanário, saiba que há edifícios-garagem nas ruas próximas. Os ingressos custam US$29,95 para adultos, numa fila que, mesmo grande, anda bem rapidinho. Logo após a bilheteria, um guichê de informações e uma lojinha de souvenirs . Encontramos muitos folders informativos e muuuuitos bichinhos de pelúcia pedindo para serem levados para casa ( resista bravamente senão você regressa ao Brasil com a mala cheia deles).
Detalhe: como em vários lugares nos EUA, o guichê é sempre ocupado por pessoas da terceira idade, orgulhosamente disponíveis para toda a qualquer informação ou necessidade dos visitantes.

monterey69
O Aquário de Monterey apareceu no filme Star Trek IV: The Voyage Home de 1986, como o fictício Sausalito Cetacean Institute. O personagem Stephano, interpretado por Jim Carrey no filme Lemony Snicket’s A Series of Unfortunate Events, faz referência ao Aquário de Monterey quando tenta persuadir o herpetologista Montgomery Montgomery sobre suas experiências com cobras.

Para mais informações sobre o aquário, acesse o website oficial: Clique aqui.

monterey81
Canning Cannery Row é uma área portuária onde funcionavam, na primeira metade do século passado, enlatadoras de sardinha. Com o sumiço da sardinha da região, o lugar foi abandonado e depois recuperado como uma versão menor e simpatica do Fisherman’s Wharf de San Francisco.

A Cannery Row é a principal rua turística de Monterey. Uma rua repleta de lojinhas, cafés, restaurantes e onde se localiza um dos melhores aquários da Califórnia. A Cannery Row antigamente era ocupada por dezenas de fábricas de sardinhas, fechadas devido ao quase desaparecimento das sardinhas na região. A última fábrica de sardinhas da rua fechou em 1973, dez anos antes da abertura do aquário da cidade – que não coincidentemente ocupa uma das fábricas abandonadas, a Hovden Cannery. Durante o passeio repare na arquitetura da rua, e como as antigas fábricas de sardinha da cidade, foram reformadas e transformadas num conjunto de prédio vibrantes.

monterey23
Como o Aquarium trata da vida no mar, não inclui só peixinhos ou animais marinhos, mas também mostra animais terrestres e pássaros que se relacionam com a vida marinha. Ali dá para conhecer diversas aves da região. Além disso, há esse espaço aberto para uma maior interação com a baía de Monterey. Na verdade é  uma visita para um dia inteiro. Chegar cedo, curtir o Oceanário e depois passear pela Cannery Row, que tem lojinhas com temas bem interessantes relacionados à vida marinha.

Monterey foi a antiga capital da Califórnia, e guarda anos e anos de história. Parte dos prédios antigos, está  conservado no Monterey State Historic Park, que conta com um museu da história da cidade, um pequeno centro comercial e jardim de cactos impecável. Vale dar uma passadinha rápida  no caminho do Old Fisherman’s Wharf.

monterey54
O local predileto dos leões marinhos (Zalophus californianus) são essas rochas na saída do píer. Antigamente, havia mais leões por lá, mas hoje em dia, as aves marinhas dominaram o território, e sobra pouco espaço pros leões. Apesar da concorrência, eles convivem bem.

Eu e o meu marido Manuel sempre quisemos conhecer Monterey. Muito pelo seu Aquário famoso, mas não só: também pela geografia do fundo do mar (que eu vi num interessante documentário do Discovery Channel) e pela cidade em si, que imaginava (não sei por que razão) muito montanhosa e idílica – afinal, está na entrada do Big Sur. Tivemos uma grande surpresa ao chegar lá: Monterey era completamente diferente do que  imaginávamos – muito melhor, por sinal. Quase não há morros, e o litoral é recortado, com recantos e vida por todos os grão de areia.

monterey57
Fomos ver os leões marinhos que habitam a marina de Monterey. O cheiro quando a gente se aproxima da região em que eles se agrupam é meio desagradável, mas os animais são muito fofos. Houve um tempo em que havia mais deles por ali, mas parece que a prefeitura da cidade andou removendo para outra área, para evitar esgotamento de recursos naturais.

Curiosidade: Ocean Vue Avenue” e depois se passou a designar por “Cannery Row” , ficava precisamente a zona dos grandes armazéns e fábricas de conservas. Se se lembrarem do filme “Clash by Night”, que Fritz Lang realizou em 1952, no qual uma muito jovem Marilyn Monroe trabalhava numa destas fábricas agarrada a uma máquina de cortar sardinhas, ficarão com uma ideia mais exata do ambiente que por lá se vivia.

monterey86
Aqui me encontro no Monterey Pier. O local é todo adornado com lindas flores que confere mais charme ao lugar. Quero acrescentar aqui que o aquário de Monterey é uma volta à infância, e muitos dos que lá vão conhecê-lo não podem fugir à regra unidunitê de levar um brinquedinho pra casa. E, apesar do clima infantil, foi uma frase bem adulta do Pablo Neruda nos chama a atenção na parede do aquário: “…life in its jewel boxes is endless as the sand.” Poética e simples. Descreve bem a festa marinha que prazerosa e divertidamente conhecemos em uma breve passada por Monterey. Tudo de criança sempre.

A Península de Monterey é um belo lugar, limpo, bem dirigida e progressiva. As praias estão limpas, ao passo que em tempo eram infestadas de tripas de peixe e de moscas. As fábricas de conserva, que em tempo espalhavam um fedor doentio, desapareceram, havendo em seu lugar restaurantes, lojas de antiguidades e semelhantes. Agora pescam turistas e não sardinhas, e essa espécie não parece quererem extingui-la.

monterey92
Circulando pela área encontramos Pacific Grove que é uma zona residencial chique de Monterey, com belas mansões antigas e uma vista de mar maravilhosa.

 

O que mudou em Monterey

O mar cansou-se de tanta azáfama e a sardinha  encontrada em abundância nesta área começou a rarear a partir de inícios dos anos 50, o que levou ao progressivo abandono de toda aquela indústria conserveira. Monterey era, nos tempos idos, uma cidade de atividade predominantemente pescatória. Curiosamente e nos tempos mais chegados, os primeiros a exercer essa atividade foram os chineses, que por lá se instalaram durante a segunda metade do séc XIX. Mais tarde haveriam de lá chegar os italianos (da Sicília, sobretudo), os galegos e até  portugueses, estes muito ligados à pesca da baleia.

monterey35
A Baía de Monterrey é uma das mais belas e bonitas da costa. No inverno, especialmente quando já acabou a época turística, pode-se observar a migração das baleias, principalmente desde a praia McAbbee, que é quando elas voltam para o norte ao longo da costa da Califórnia. A baía oferece algumas magnificas paisagens com o mar que reflete o turquesa até onde a vista alcança.

As praias e a baía são os lugares turísticos de Monterey mais importantes sem duvida. Na costa estão as principais coisas que tem para fazer em Monterey, particularmente no Fisherman´s Wharf ou Puerto del Pescador. De lá saem numerosas excursões para ver as baleias e golfinhos, ou simplesmente os passeios de barco. Monterey Bay é um dos lugares mais bonitos a visitar em Monterey, juntamente com o Peninsula Recreational Trail, o Garrapata State Park ou o Waterfront, cada um com um com seu encanto especial. Porem existem outras atrações de Monterey como o Cannery Row Monument, Cooper-Molera Adobe, a San Carlos Cathedral e a Mission Basilica. A cidade também tem vários parques, um plano ideal se viajar com crianças.

monterey64
Uma dica legal para quem vai para Califórnia é que como os pontos turísticos, praias, outlets e todas as atrações ficam bem afastadas, alugar um carro se torna essencial. Sem falar que com um carro você pode conhecer outras cidades em torno.

 

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo