Você está aqui
Home > EUROPA > Europa > Alemanha > Munique – Alemanha

Munique – Alemanha

Munique exala o charme da Baviera. Uma metrópole moderna com simpatia e uma longa tradição, charmosa e descontraída, animada, mas também sonhadora: Munique é a cidade alemã mais famosa pelo seu estilo de vida.  Capital da Baviera desde 1503, Munique é hoje lembrada principalmente pela Oktoberfest que acontece todo ano entre o fim de setembro e o início de outubro, a maior festa folclórica da Alemanha. Comenta-se que os bávaros são os maiores consumidores de cerveja do mundo, com uma média anual de 240 litros da bebida por pessoa.

munique169
Munique tem uma das praças mais bonitas da Alemanha , a Marienplatz, o coração de Munique, com a antiga e a nova prefeitura, Altes e Neues Rathaus. Seu famoso toque dos sinos pertence a Munique tanto quanto a cervejaria Hofbräuhaus e a igreja Frauenkirche, o símbolo da cidade, com as cúpulas verdes das suas torres, que podem ser avistadas de longe.

 

A Baviera  é  magnífica pelo verde que carrega, pelos palácios, pelos lagos e jardins, pelas histórias de um rei excêntrico; e, também, pela qualidade de vida, pela tamanho compacto do centro da cidade, pelas ruas pedonais, pela animação, pela cerveja e pela forma como nos receberam: educados e prestáveis, com relativa reserva mas sem sinais da frieza que tanto se lhe atribui.

 

munique126
Praça Marienplatz, aqui está o prédio da Neues Hathaus (prefeitura), decorado com estátuas dos reis da Baviera, e pátios internos abertos ao público, onde estão restaurantes e exposições. Este é o verdadeiro coração da cidade, e costuma estar cercado por turistas de todos os cantos.

Percorra a Neuhauser Strasse, rua exclusiva de pedestres. Comece pela Karlsplatz, com seus famosos chafarizes, sempre cercados de turistas. Todos os dias, centenas de pessoas se reúnem na praça Marienplatz para apreciar o Glockenspiel, famoso carrilhão da cidade, situado no alto da fachada principal. Pontualmente as 11, 12 e 17 horas, durante 8 minutos, seus 43 sinos executam  um verdadeiro show. Antigamente,  grandes bonecos de madeira  se moviam acompanhados por músicas, representando momentos importantes da história, como o casamento de Wilhelm V e Renata von Lothringen em 1568, e dançarinos comemorando o fim da peste que assolou o país em 1517. Em nossa estada , não assistimos o espetáculo. Só o badalar dos sinos. Obs.: “strasse” significa “rua”, e “platz”, “praça”.

 

munique136
Aqui fica a praça Odeonsplatz, cenário de uma batalha armada fatal ocorrida durante o Putsch da Cervejaria. O Putsch foi uma tentativa de golpe fracassada que Hitler e o Partido Nazista aplicaram contra o governo da Bavária, em 9 de novembro de 1923. Em Odeonsplatz estão localizados o Feldherrnhalle, um moumento símbolo da honra do exército bávaro, e a Theatinerkirche (Igreja dos Teatinos e São Caetano).

Para quem prefere ou precisa, o transporte urbano é rápido e eficiente. Pode-se escolher entre bondes (Strassenbahn), metrô de curta distância (U-Bahn) e de longa distância (S-Bahn). Compre os bilhetes nas máquinas automáticas existentes em vários pontos da cidade e valide seu bilhete ao embarcar. Há diversos tipos de tarifas, diárias e semanais, mais em conta que bilhetes para cada viagem.

munique167
Na Marienplatz também se encontra a Altes Rathaus (Velha Prefeitura), que foi sede da prefeitura até 1.847 e hoje é o edifício do Conselho Municipal de Munique.

 

munique71
Aqui me encontro na Neuhauser Strasse. As ruas pedonais de Munique, à noite, conseguem-nos surpreender. Encontramos pessoas que apresentam o seu talento das mais diversas formas, criando um ambiente que prende multidões. Tudo em busca de moedas para apresentação de seu talento.

 

munique85
Portão de Karlstor, no inicio da Neuhauser Strasse.

Munique foi oficialmente fundada no ano 1158 e em 1240 passou a ser controlada pela família Wittelsbach, linhagem de grande prestígio e poder em toda Bavária, cuja dominação durou até o início do século 20.  Munique (em alemão: München; é uma cidade alemã, capital do estado federal da Baviera, onde anualmente festeja-se a mundialmente famosa Oktoberfest. Na qualidade de capital, Munique alberga o parlamento e governo estadual. Munique conta atualmente cerca de 1,4 milhão de habitantes, chegando aos 2,5 se contarmos com a sua área metropolitana. É assim a maior cidade da Baviera, e a terceira maior da Alemanha, depois de Berlim e de Hamburgo. Uma das atividades de destaque na cidade e na região é o turismo. Munique também é a sede da BMW.

munique164
Para passar uma tarde tranquila em Munique , você pode escolher entre duas das cervejarias ao ar livre, os “Biergärten”, mais bonitas da cidade: uma delas fica junto à Chinesischer Turm (torre chinesa), a outra às margens do lago. Aliás, os “Biergarten”, onde um público heterogêneo aproveita à vida à sombras das castanheiras, são um símbolo do verdadeiro estilo de vida de Munique. Embora esses jardins tenham nome de adega, ou “Keller”, em alemão – Salvatorkeller, Löwenbräukeller ou Hofbräukeller. É que os cervejeiros, antigamente, armazenavam sua cerveja em espaços subterrâneos, de temperatura mais fresca, e logo tiveram a ideia de aproveitar para servi-la ali mesmo. Era o começo de uma tradição que, por sorte, continua sendo sagrada para os habitantes de Munique, até hoje.

 

munique07
BMW:. A sede da BMW, e a BMW Welt (Mundo BMW), o centro de distribuição de automóveis da BMW. Este último, em materiais de aço ondulado e de vidro, é um edifício de arquitetura ambiciosa e inovadora, uma ampulheta gigante cuja forma parece querer perder-se.

 

munique142
Museu da BMW:. Para uma perspectiva mais global da BMW e depois do deslumbramento pela arquitetura inovadora do presente, o importante é visitar a engenharia do passado, no museu da BMW. O museu é um pavilhão que tem verdadeiras relíquias da marca. Porque é uma tentação e apetece estar ao volante de um automóvel com mais de um século de existência, há um acessível para quem quiser faze-lo e, porventura, tirar uma fotografia de recordação.

 

munique61

O principal evento de Munique é a Oktoberfest. A tradição desta festa teve início em 1810 quando Max Joseph, rei da Bavária, decidiu dar uma grande festa para comemorar o casamento de seu filho, o príncipe Ludwig I, formando uma tradição que iria se repetir todos os anos. Nesta grande festa anual, que dura 16 dias, todas as principais cervejarias e bares da cidade montam pavilhões no parque aos pés da estátua da Bavária, a patrona da festa, para comemorar um dos mais tradicionais eventos alemães. O local vira um imenso parque de diversões, com música, danças, roupas típica, pratos tradicionais e centenas de milhares de turistas, tudo regado a muitos barris de cerveja. Especialmente belo é o desfile das tradicionais carroças de barris de cerveja, que dá início à festa.

 

munique74
A Marienplatz é uma das principais praças de Munique e pode ser o ponto de partida para quem deseja conhecer a cidade. No período medieval, ela abrigava os mercados de sal e de milho. Bem no centro fica a coluna de Santa Maria, de 1623. Em frente, a Neues Rathaus (a nova prefeitura), em estilo neogótico, é, sem dúvida, a construção mais imponente da praça. A fachada exibe vários governantes bávaros, figuras mitológicas e uns monstrengos assustadores. Na parte leste da praça, fica a Altes Rathaus (a antiga prefeitura), a Talbruktor (a maior torre da cidade erguida sobre o antigo portão de Munique, reconstruída em 1975, com base em fotografias do século 15) e o Spielzeugmuseum (o museu do brinquedo).

Bem no centro dessa praça está a Coluna de Maria, erigida em 1.638 para celebrar o fim da ocupação sueca durante a Guerra dos Trinta Anos.

munique151
Museu:. Munique também reserva ao visitante uma gama de museus, entre eles o Bayerisches Nationalmuseu (Museu Nacional da Baviera, fundado em 1855, com um grande acervo de obras decorativas e folclóricas) e o Deutsches Museum, que completa 100 anos. Este museu tem fama de ser o maior do mundo voltado para a ciência e tecnologia.

 

munique162
Passeando:. Da praça, parte a Kaufingerstrasse que depois de mudar de nome leva o visitante até a Karlsplatz. Neste caminho, só para pedestres e ciclistas, ficam dezenas de lojas, restaurantes e cafés. Seguindo ainda se chega a Hauptbahnhof, a estação central de Munique. Os reis bávaros viviam na Residenz, um castelo que remonta o século 14. O castelo abriga museus, um belíssimo teatro e capela. A Residenz é aberta à visitação. Numa das laterais da antiga residência real fica o Hofgarden, um belíssimo jardim onde frequentemente estudantes de música fazem recitais para o público em troca de algumas moedas de euro.

 

No verão, os Biergärten (jardins da cerveja), espalhados por toda a cidade, ficam completamente lotados. Neles pode-se saborear pratos típicos e conhecer a tradição da cerveja alemã. Não deixe de visitar a Hofbräuhaus Fundada em 1585, é a cervejaria mais famosa do mundo e o lugar que todo o turista que chega a Baviera imagina encontrar. Um restaurante imenso com centenas de mesas e bancos de madeira, com garçons em roupas típicas, uma imensidão de canecos de um e meio litro de chopp, comidas saborosas e, é claro, uma bandinha que diverte os clientes com as tradicionais músicas alemãs.

munique160
Estar em Munique significa conhecer a sua mais famosa cervejaria, Hofbrauhaus, um espaço enorme onde se servem refeições e muita cerveja. A medida mais popular para a cerveja é a caneca de litro. A qualidade da cerveja faz jus ao mérito de ser a cervejaria mais conhecida do mundo – suprema. A Hofbrauhaus é animada todas as noites por uma banda, e os seus membros estão vestidos de bermudas com suspensórios, camisa, meia até ao joelho e chapéu. Este traje típico vem da região vizinha de Tirol, na contígua Áustria, e a música que se escuta entre aquelas paredes de madeira e pedra é o tirolês bem regado a cerveja.

 

munique13
Degustei o prato típico de Munique, o joelho de porco, um verdadeiro pedaço de carne muito saboroso, acompanhado com umas batatas – peço desculpa pela ingenuidade – que não são batatas, e não conseguimos saber o que são (algo gelatinoso com aspecto de batata). A Baviera tem fama de ser a região mais alegre da Alemanha. A cerveja tradicional é servida em grandes copos de vidro de um litro (Mass), mas não segure pela alça. Faça como os alemães, enfie a mão por dentro da alça e enlace o copo com a mão. Muitos restaurantes servem copos menores para turistas, mas você, é claro, vai pedir o grande não é mesmo? Prosit!

 

Munique dispõe de três escritórios onde é possível obter todo tipo de informação sobre a cidade, mapas, serviço de reserva de hotel, entre outros. Eles podem ser encontrados na Estação Central de trens, no aeroporto e na Marienplatz, praça que fica no centro da cidade.

 

munique113
Ao lado (Leões), o Monumento de Feldherrnhalle e ao fundo a Igreja dos Teatinos e São Caetano (Theatinerkirche).

 

munique105
O arco do triunfo chamado Siegestor (Portão da Vitória), na Leopoldstrasse. Antes da Segunda Guerra, o arco era dedicado à glória do exército da Bavária. Após ser severamente destruído naquela batalha, o Siegestor nunca mais foi reconstruído completamente, tornando-se um monumento para lembrar que toda guerra é cruel. Isso pode ser confirmado por uma inscrição na sua parte de trás que diz: “Dem Sieg geweiht, vom Krieg zerstört, zum Frieden mahnend” (Dedicado à Vitória, destruído pela Guerra, símbolo da Paz).

Nymphenburg Palace – Palácio de Nymphenburg

Suntuoso palácio barroco, construído a partir de 1675. Era a residência de verão dos monarcas da Baviera, sendo agora um museu. Sua luxuosa decoração e a muito admirada “Galeria das Beldades”, seu parque com árvores seculares e canais, sua coleção de porcelanas e seu Museu da Humanidade e da Natureza fizeram com que se tornasse uma das atrações mais visitadas de Munique. O complexo de edifícios inclui o Jardim Botânico. Aberto de terça a domingo das 9 às 18h, de abril a outubro, e das 10 às 16h, de outubro a março. Tram 17 ou Bus 41.

munique55
Esta bela construção ao estilo barroco alemão foi erguida entre 1664 e 1674 e está localizada no centro de um belo parque, no lado oeste da cidade. Era residência de verão dos reis da Baviera. Pra quem quiser conhecê-la a fundo, deve reservar uma manhã inteira.

 

munique01c
Brasileiros não precisam de visto de turismo para permanência de até 90 dias na Alemanha e nos demais países-membros do Acordo de Schengen (Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça). Porém, no momento da entrada, será exigido do visitante um passaporte válido, além de documentos e comprovantes como passagem de ida e volta, comprovante de recursos financeiros, seguro-saúde válido em todos os países-membros, entre outros.

 

Veja mais fotos de Munique:

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo